Última hora

Nissan tenta impedir entrada de Ghosn em apartamento

Nissan tenta impedir entrada de Ghosn em apartamento
Tamanho do texto Aa Aa

A Nissan tenta impedir que Carlos Ghosn tenha acesso ao apartamento do Rio de Janeiro. O antigo presidente da empresa foi detido e afastado do cargo por acusações de fraude financeira.

O grupo automóvel pretende negar acesso à propriedade de Copacabana, para evitar que Ghosn possa destruir provas e está a colaborar com as investigações do Ministério Público japonês.

As autoridades prolongaram a prisão do executivo até esta segunda-feira, dia 10. Carlos Ghosn está detido em Tóquio desde 19 de novembro.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.