Última hora

Última hora

"Breves de Bruxelas": migrantes, Itália e emissões de CO2

"Breves de Bruxelas": migrantes, Itália e emissões de CO2
Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 3400 pessoas morreram, este ano, em busca de uma vida melhor, das quais cerca de duas mil tentando chegar à Europa. O Dia Internacional dos Migrantes, celebrado a 18 de dezembro, tem este ano como slogan "Migração com Dignidade".

Este é o tema de abertura do programa "Breves de Bruxelas", que passa em revista a atualidade europeia diária. Em destaque estão, também, as seguintes notícias:

  • A União Europeia avançou, terça-feira, com novos planos para diminuir as emissões de dióxido de carbono dos automóveis em 37,5% até 2030. Os governos dos Estados-membros e o Parlamento Europeu fecharam o acordo para ajudar o bloco a cumprir os compromissos sob o acordo climático de Paris, mas a indústria automóvel considera que as metas são irrealistas.
  • A Comissão Europeia pediu à Itália que corte à volta de três mil milhoes de euros no orçamento para 2019, revelou o jornal Corriere della Sera. Foi a reação de Bruxelas a mais uma versão modificada do orçamento que terá de ter o carimbo europeu ainda esta semana.
  • A partir de quarta-feira faltarão cem dias para a data oficial do Brexit, mas o acordo de saída do Reino Unido da União Europeia parece longe de estar concluído. Depois da última cimeira, na semana passado, a Comissão Europeia intensifica os preparativos para o cenário de não acordo, que deverão ser apresentados a 19 de dezembro.