EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Indústria critica nova meta para reduzir as emissões dos automóveis

Indústria critica nova meta para reduzir as emissões dos automóveis
Direitos de autor 
De  Isabel Marques da Silva
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Indústria critica nova meta para reduzir as emissões dos automóveis

PUBLICIDADE

A União Europeia avançou, terça-feira, com novos planos para diminuir as emissões de dióxido de carbono dos automóveis em 37,5% até 2030.

Os governos dos Estados-membros e o Parlamento Europeu fecharam o acordo para ajudar o bloco a cumprir os compromissos sob o acordo climático de Paris, mas a indústria automóvel considera que as metas são irrealistas.

A Associação Europeia dos Fabricantes de Automóveis (ACEA, na sigla em Inglês) denunciou os objetivos "totalmente irrealistas em comparação com a situação atual", e falou de um "efeito devastador" sobre o emprego no sector (13,3 milhões de pessoas na União Europeia) .

"A indústria lamenta que essa meta para 2030 responda puramente a motivos políticos, sem levar em conta as realidades tecnológicas e socioeconómicas", disse aACEA, em comunicado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Salão Automóvel Genebra: O fio elétrico chega cada vez mais longe

"Breves de Bruxelas": migrantes, Itália e emissões de CO2

Imigração, Ucrânia, energia: Qual é a posição da extrema-direita francesa?