Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Evo Morales celebra 13 anos no poder

Evo Morales celebra 13 anos no poder
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da Bolívia celebrou o 13° aniversário desde que assumiu o primeiro mandato em 2005.

Evo Morales, que se recandidata para um quarto mandato em 2019, pediu que fosse reforçada a sua legitimidade com uma maioria de mais de 70 por cento.

"É o maior momento político, a todos os níveis, desde a fundação da república. A direita, que vem de ditaduras, agora, porque vencemos com mais de 50%, as últimas duas eleições com mais de 60%, dizem que é ditadura. Irmãs e irmãos, no próximo ano, devemos vencer com mais de 70%. Esse é o desafio que temos", afirma Morales.

No início de dezembro, o Tribunal Supremo Eleitoral decidiu que Morales é elegível para um quarto mandato, provocando os protestos da oposição, que clama inconstitucionalidade.

Desde então, o país tem assistido a várias greves e protestos. A oposição diz que as manifestações não irão terminar até que o Evo Morales desista da recandidatura.