A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Evo Morales celebra 13 anos no poder

Evo Morales celebra 13 anos no poder
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da Bolívia celebrou o 13° aniversário desde que assumiu o primeiro mandato em 2005.

Evo Morales, que se recandidata para um quarto mandato em 2019, pediu que fosse reforçada a sua legitimidade com uma maioria de mais de 70 por cento.

"É o maior momento político, a todos os níveis, desde a fundação da república. A direita, que vem de ditaduras, agora, porque vencemos com mais de 50%, as últimas duas eleições com mais de 60%, dizem que é ditadura. Irmãs e irmãos, no próximo ano, devemos vencer com mais de 70%. Esse é o desafio que temos", afirma Morales.

No início de dezembro, o Tribunal Supremo Eleitoral decidiu que Morales é elegível para um quarto mandato, provocando os protestos da oposição, que clama inconstitucionalidade.

Desde então, o país tem assistido a várias greves e protestos. A oposição diz que as manifestações não irão terminar até que o Evo Morales desista da recandidatura.