Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

ONU entrega prémios dos Direitos Humanos

ONU entrega prémios dos Direitos Humanos
Tamanho do texto Aa Aa

A sessão comemorativa dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, esta terça-feira na Assembleia Geral da ONU em Nova Iorque, foi a ocasião para a entrega dos Prémios dos Direitos Humanos das Nações Unidas.

O galardão é entregue cada cinco anos, desde 1963, a indivíduos ou organizações que contribuem de forma excecional para a defesa destes direitos fundamentais.

Em 2018, foram galardoadas três mulheres:

  • Joênia Wapichana, primeira mulher indígena a ocupar um assento no Congresso do Brasil, pelo ativismo a favor das populações nativas;

  • Rebeca Gyumi, fundadora e diretora da ONG Msichana, pelo trabalho em defesa das raparigas e mulheres na Tanzânia;

View this post on Instagram

??

A post shared by Rebeca Gyumi Nyantori (@rebecagyumi) on

  • e a ativista paquistanesa Asma Jahangir, que recebe o prémio a título póstumo, por um legado de décadas de luta contra o extremismo religioso e em defesa das minorias oprimidas.

Também foi premiada a ONG irlandesa "Front Line Defenders", que opera na proteção dos defensores dos Direitos Humanos.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, aproveitou a data para alertar para o aumento do autoritarismo, da intolerância e do racismo no mundo.