A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

"Breunion Boys": A banda que quer evitar o "Brexit"

"Breunion Boys": A banda que quer evitar o "Brexit"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Com o "Brexit" quase a acontecer, surge uma banda masculina com cinco elementos que quer evitar a saída do Reino Unido da União Europeia.

Os "Breunion Boys" aparecem com o videoclipe da primeira música "Britain Come Back".

O projeto teve como mentora uma artista de animação holandesa. Julia Veldam inspirou-se na tradição britânica de bandas masculinas, tendo como exemplo o grupo "Take That".

"Os membros dos 'Take That' eram de uma região do país que votou pela saída. Robbie Williams nasceu em Stoke-on-Trent e aí as pessoas votaram esmagadoramente para deixar a União Europeia. Então pensei, o que é que funcionaria melhor do que a voz dos 'Take That'", relembra Veldam.

"Sim, todos conhecem as bandas masculinas da Grã-Bretanha. Então, creio que é uma ótima maneira de falar com o povo britânico, de uma maneira que eles conhecem", assegura o "Breunion Boy" Gilles Meester.

Está quase a chegar ao fim contagem decrescente para as 23 horas do dia 29 de março de 2019, data prevista para o "Brexit".

À beira do divórcio entre o Reino Unido e a União Europeia, "Britain Come Back" pretende dar voz ao sentimento de milhões de europeus que preferem permanecer juntos e unidos.