A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Um Natal diferente a bordo do Open Arms

Um Natal diferente a bordo do Open Arms
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Com mais de 300 pessoas a bordo, o navio Open Arms continua na sua rota a caminho de Algeciras.

Após dois dias de viagem, outra embarcação da organização não governamental, o Astral, foi em auxílio para levar mantimentos.

A tripulação esforça-se para tornar o Natal a bordo o mais agradável possível àqueles que quase perderam as vidas no mar. A primeira dificuldade: cozinhar para tanta gente.

"Temos apenas a própria cozinha do barco, não temos mais nada e não há nenhum espaço específico para este tipo de cozinha em massa. Por isso, temos de cozinhar por muitas horas. Basicamente, fazemos coisas muito simples, não podemos cozinhar algo mais elaborado e eles também ficam enjoados e é mais complicado aceitarem comida elaborada. Até ao dia 28, para o qual está previsto o desembarque, vamos servir cerca de 4200 refeições", afirmou Gerard Canals, chefe de missão do Open Arms.

"Tivemos de fazer o download de músicas do Youtube para os telemóveis, porque temos um altifalante e com um microfone podem cantar e ouvir música. E como é Natal, pediram-nos canções de Natal", acrescentou.

Na medida das suas possibilidades, os membros da tripulação tentam também celebrar o Natal: "Tentamos estar todos juntos à refeição e fazer desta uma noite uma noite um pouco diferente".

Os 310 migrantes resgatados no Mar Mediterrâneo vão em busca de um novo futuro na Europa. Por agora, apenas sabem que não terão de lutar mais para sobreviver no mar.