Última hora

Última hora

Rahaf al-Qunun está sob a alçada das Nações Unidas na Tailândia

Rahaf al-Qunun está sob a alçada das Nações Unidas na Tailândia
@ Copyright :
Policía de Inmigración de Tailancia vía REUTERS
Tamanho do texto Aa Aa

Rahaf Mohammed al-Qunun está sob a proteção da Agência das Nações Unidas para Refugiados.

A saudita de 18 anos que fugiu da família e se barricou num quarto de hotel na Tailândia vai permanecer no país, depois de ver o passaporte apreendido pela embaixada da Arábia Saudita, se recusar a regressar para a família e se sentir em risco de vida por renúncia ao Islão.

"Nós vamos falar com ela e fazer o que ela pedir. Tendo em conta que fugiu de problemas, procurou a nossa ajuda e nós somos a Terra dos Sorrisos, não vamos mandar ninguém para a morte. Não faremos isso, vamos agir sob os princípios dos direitos humanos de um estado de direito", afirmou Surachate Hakparn, Chefe da Polícia de Imigração da Tailândia .

As autoridades tailandesas vão encontrar-se esta terça-feira com diplomatas sauditas para clarificar a posição do país.

No Twitter, Rahaf al-Qunun anunciou que o pai já estava na Tailândia e que tem medo, apesar de se sentir segura sob a alçada das Nações Unidas e com o passaporte de volta.