Última hora

Última hora

Biblioteca Corvina exposta em Budapeste

Biblioteca Corvina exposta em Budapeste
Tamanho do texto Aa Aa

A Biblioteca Nacional da Hungria Széchényi oferece aos visitantes uma oportunidade rara de ter um encontro com itens da coleção da biblioteca do rei Matias Corvino (Matias I da Hungria).

Estão expostas ao público mais de 50 obras, conservadas na Hungria e em outros países, de um espólio de milhares. Apenas duas centenas sobreviveram à passagem dos séculos. Em Budapeste é possível ver códices que estavam espalhados por Paris, Lípsia, Viena, Vaticano ou Nova Iorque.

O códice "Petrus Ransanus" é uma das joias da coroa da mas há mais em exposição como explicou à Euronews Edina Zsupán, curadora da exposição: "De Nova Iorque veio um manuscrito ricamente decorado. O Breviário e Missal de Domonkos Kálmáncsehi, uma figura importante do reinado de Matias I da Hungria. Até agora nunca tinha sido exposto ao público no país."

A exposição dedicada à Biblioteca Corvina pode ser visitada até ao próximo domingo, 10 de fevereiro.

Paralelamente foi apresentada a "Bibliotheca Corvina Virtualis" para que várias obras possam ser contempladas à distância.