EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Biblioteca Corvina exposta em Budapeste

Biblioteca Corvina exposta em Budapeste
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Foram precisos dois anos para organizar a exposição.

PUBLICIDADE

A Biblioteca Nacional da Hungria Széchényi oferece aos visitantes uma oportunidade rara de ter um encontro com itens da coleção da biblioteca do rei Matias Corvino (Matias I da Hungria).

Estão expostas ao público mais de 50 obras, conservadas na Hungria e em outros países, de um espólio de milhares. Apenas duas centenas sobreviveram à passagem dos séculos. Em Budapeste é possível ver códices que estavam espalhados por Paris, Lípsia, Viena, Vaticano ou Nova Iorque.

O códice "Petrus Ransanus" é uma das joias da coroa da mas há mais em exposição como explicou à Euronews Edina Zsupán, curadora da exposição: "De Nova Iorque veio um manuscrito ricamente decorado. O Breviário e Missal de Domonkos Kálmáncsehi, uma figura importante do reinado de Matias I da Hungria. Até agora nunca tinha sido exposto ao público no país."

A exposição dedicada à Biblioteca Corvina pode ser visitada até ao próximo domingo, 10 de fevereiro.

Paralelamente foi apresentada a "Bibliotheca Corvina Virtualis" para que várias obras possam ser contempladas à distância.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Hungria e China assinam acordo de cooperação estratégica durante visita do presidente chinês

O que está a fazer o antigo líder iraniano Ahmadinejad numa visita secreta a Budapeste?

Húngaros céticos e divididos quanto ao potencial de mudança das eleições europeias