A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

O clima no mundo, em janeiro

O clima no mundo, em janeiro
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Em janeiro, a temperatura global ficou bastante acima da média.

O "vórtice polar" trouxe frio aos Estados Unidos depois de condições amenas no início do mês. Muito mais quentes que a média estiveram as regiões orientais da Mongólia, da Sibéria e do Médio Oriente.

A Austrália registou o mês mais quente de sempre, com um pico de 50 ° celsius.

Avalanches mortais seguiram-se a quedas de neve acentuadas nos Alpes austríacos.

O Centro-Oeste dos Estados Unidos e o leste do Canadá viveram alguns dos dias mais frios das últimas décadas. Dezenas de pessoas morreram de hipotermia com as temperaturas a atingir os 30 graus negativos.

Na Europa, janeiro registou valores próximos aos da média para este mês.

A nível global, este foi o quarto janeiro mais quente, depois de 2016, 2017 e 2007.