A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Mundo reage à morte de Karl Lagerfeld

Mundo reage à  morte de Karl Lagerfeld
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A morte de Karl Lagerfeld provocou uma onda de consternação por todo o mundo.

Figuras do mundo da moda e das artes prestaram tributo ao homem que encarnou o espírito da Casa Chanel durante décadas.

As modelos Naomi Campbell e Claudia Schiffer deixaram testemunhos emotivos nas redes sociais.

Fora do espaço virtual também nas ruas era visível a admiração de muitas pessoas pelo designer de moda.

"Ele ultrapassou as fronteiras da moda apesar das suas criações serem muito simples e elegantes, e ele tinha uma forma muito suave de o fazer. Sempre o admirei por isso, ele não procurava atrair as atenções, Fazia-o muito subtilmente", afirmou uma admiradora alemã.

Em Paris, um admirador de Karl Lagerfeld, Eric Jamin, resumia assim a obra do criador:

"Karl Lagerfeld representava a criação, a liberdade, uma era".