A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Canadá inicia extradição de diretora da Huawei para os EUA

Canadá inicia extradição de diretora da Huawei para os EUA
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Canadá iniciou o processo de extradição da diretora financeira da gigante tecnológica chinesa Huawei para os Estados Unidos da América.

Na sexta-feira, o Departamento de Justiça do Canadá emitiu uma autorização para dar início ao processo de extradição de Meng, filha do fundador da Huawei, que foi detida pelas autoridades do Canadá a pedido dos Estados Unidos, no dia 01 de dezembro, quando fez escala em Vancouver a caminho do México.

A detenção abriu uma crise diplomática entre Pequim e Otava. Após a detenção da diretora da Huawei no Canadá, a China deteve dois cidadãos canadianos: o diplomata Michael Kovrig e o empresário Michael Spavor, acusados de colocar em risco a segurança nacional.

O Ministério Público norte-americano acusa a Meng Wanzhou e a Huawei de terem contornado as sanções dos Estados Unidos contra o Irão e de terem roubado segredos industriais do grupo norte-americano de telecomunicações T-Mobile.