Última hora
This content is not available in your region

Acusado de ataque em Bruxelas que fez quatro mortos clama inocência

euronews_icons_loading
Acusado de ataque em Bruxelas que fez quatro mortos clama inocência
Tamanho do texto Aa Aa

Mehdi Nemmouche, o francês acusado de matar quatro pessoas no Museu Judaico de Bruxelas há quase cinco anos, declarou-se inocente do ataque e diz que foi manipulado.

Foi a última oportunidade de falar do alegado jihadista, que ficou em silêncio durante o julgamento.

A sentença é esperada nos próximos dias. Nemmouche corre o risco de prisão perpétua.