Acusado de ataque em Bruxelas que fez quatro mortos clama inocência

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Borges de Carvalho
Acusado de ataque em Bruxelas que fez quatro mortos clama inocência

Mehdi Nemmouche, o francês acusado de matar quatro pessoas no Museu Judaico de Bruxelas há quase cinco anos, declarou-se inocente do ataque e diz que foi manipulado.

Foi a última oportunidade de falar do alegado jihadista, que ficou em silêncio durante o julgamento.

A sentença é esperada nos próximos dias. Nemmouche corre o risco de prisão perpétua.