Última hora

Última hora

Eslováquia pode eleger este sábado a primeira mulher para a presidência

Eslováquia pode eleger este sábado a primeira mulher para a presidência
Tamanho do texto Aa Aa

Os eslovacos votam na segunda volta da eleição presidencial este sábado. Tudo indica que Zuzana Caputová se tornará na primeira mulher a ser eleita para a presidência da Eslováquia.

Caputová, de 45 anos, é advogada, liberal, ativista ambiental e, em apenas dois meses, atingiu o topo das sondagens de opinião.

Na primeira volta ganhou largamente - 40% contra 20% - ao seu adversário, Maros Sefcovic, candidato do partido SMER, que governa o país.

É vista por muitos como a esperança numa nova força capaz de derrubar a elite política eslovaca, abalada pelas acusações sobre o assassinato do jornalista Jan Kuciak e da sua companheira.

Zuzana Caputová espera contribuir para estancar a disseminação do populismo de direita na Europa Central e Oriental.

Na Eslováquia, o presidente tem funções essencialmente simbólicas, mas o escrutínio é visto como um teste importante para as legislativas do próximo ano.