Última hora

Última hora

Abdelaziz Bouteflika vai demitir-se até ao final do mês

Abdelaziz Bouteflika vai demitir-se até ao final do mês
Tamanho do texto Aa Aa

Abdelaziz Bouteflika vai demitir-se da presidência argelina até ao final do mês.

A notícia foi divulgada esta segunda-feira pela agência de notícias da Argélia, que adianta que o Chefe de Estado sai por motivos de saúde.

Bouteflika realizou este domingo uma importante remodelação no governo, mantendo no entanto como primeiro-ministro o antigo responsável do Interior, Noureddine Bedoui.

No cargo mantêm-se também o vice-ministo da Defesa, o chefe do Estado-Maior do Exército Ahmed Gaed Salah, apesar deste ter renovado no sábado o pedido para que o Tribunal Constitucional declare o presidente como inapto para se manter em funções.

Entretanto, continuam a produzir-se manifestações para exigir o afastamento de Bouteflika, como este domingo entre a comunidade argelina em França, que se uniu num protesto que reuniu mais de duas mil pessoas em Paris.

Segundo a constituição argelina, após a demissão do presidente, o país tem 90 dias para organizar eleições presidenciais.