A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Rússia vai libertar baleias da "prisão"

Rússia vai libertar baleias da "prisão"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Jean-Michel Cousteau chegou com uma equipa de cientistas ao local perto da cidade russa de Vladivostok que ficou conhecido como “a prisão de baleias”.

O filho de Jacques Cousteau foi convidado pelo governo russo para desenvolver um plano para melhorar as atuais condições da vida dos animais e para reabilitar as 87 baleias-beluga e as 10 orcas presas em jaulas no leste do país.

Os mamíferos foram capturados ilegalmente para serem vendidos, presume-se, para parques marinhos chineses.

A libertação está dependente da saúde dos mamíferos e da capacidade de viverem no oceano sem apoio.