Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Raide aéreo contra aeroporto de Tripoli

Raide aéreo contra aeroporto de Tripoli
Direitos de autor
REUTERS
Tamanho do texto Aa Aa

Um avião de guerra não identificado atacou hoje o aeroporto de Mitiga. Localizado nos arredores da capital líbia é o único ainda em funcionamento em Tripoli, mas os voos foram suspensos perante o clima de insegurança.

A luta pelo controlo da capital líbia prossegue nos arredores. Provocou, esta segunda-feira, a morte de dezenas de civis e mais de 80 feridos.

O receio de uma guerra civil é a maior das preocupações neste momento, até porque a ofensiva lançada pelas forças do marechal Khalifa Haftar, que domina o leste do país e quer controlar Tripoli, não dá sinais de esmorecer.

Na arena internacional multiplicam-se os apelos à contenção, ao cessar-fogo e regresso à mesa das negociações.

"Convidamos todos a evitarem mais ações militares, a voltar à mesa das negociações sob os auspícios das Nações Unidas e a assegurar que o povo líbio tem o que realmente quer: paz e estabilidade para o país", sublinhou a chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini.

As forças leais a Haftar lançaram uma ofensiva surpresa contra Tripoli na quinta-feira. O marechal controla o leste e parte do sul do país. É acusado de querer tomar o poder pela força e instaurar uma ditadura militar.