Última hora

Última hora

"Breves de Bruxelas": Gasóleo nas cidades, Extrema-direita e Eurobarómetro

"Breves de Bruxelas": Gasóleo nas cidades, Extrema-direita e Eurobarómetro
Tamanho do texto Aa Aa

No ano passado, mais de 60 cidades alemãs registaram níveis de poluição atmosférica acima das normas europeias. Algumas cidades já proíbem carros a gasóleo antigos de circular no centro, mas a extrema-direita diz que esta onda anti-gasóleo prejudica os mais pobres.

A Alternativa para a Alemanha (Afd) defende nesta campanha para as europeias que se "salve o gasóleo", para bem da indústria automóvel alemã.

Este é o tema de abertura do programa "Breves de Bruxelas", que passa em revista a atualidade europeia diária. Em destaque estão, também, as seguintes notícias:

  • A extrema-direita europeia procura juntar forças para ganhar peso no Parlamento Europeu. A francesa Marine Le Pen ou o holandês Geert Wilders foram alguns dos líderes que participaram na reunião desta quinta-feira em Praga. Esperam alcançar um resultado histórico nas eleições de maio para, de dentro do Parlamento Europeu, acabar com pouco democrática Europa e devolver a soberania aos países.
  • A União Europeia desperta sentimentos positivos em mais de metade dos europeus. De acordo com o último barómetro, 28% e 27% dos inquiridos revela ter Esperança e Confiança na União Europeia. No entanto, o mais comum foi o sentimento de Dúvida, revelado por um terço dos europeus. Apenas 5% diz ter um sentimento de Medo.
  • A um mês das eleições, o Parlamento Europeu lançou um filme para incentivar as pessoas a votarem. A curta-metragem "Decida o seu futuro" relembra os momentos intensos em que os recém-nascidos chegam a este mundo e procura encorajar os eleitores a pensarem nas próximas gerações que terão de viver com as consequências desta votação.