Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Economia da Zona Euro abranda

Economia da Zona Euro abranda
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Europa volta a derrapar em matéria de crescimento económico.

A Comissão europeia baixou mais 0,1 pontos percentuais na previsão do crescimento para 2019 e 2020. É a segunda revisão em baixa deste ano. A previsão de crescimentop é agora de 1,2% do Produto Interno Bruto (PIB) para este ano e 1,5% no próximo.

Conclusões do relatório da primavera, apresentado esta terça-feira em Bruxelas.

O Comissário Europeu da Economia justifica o acerto de contas com a conjuntura internacional.

"A fragilidade que sentimos durante o primeiro e o segundo semestre do ano passado surpreendeu toda a gente. Uma surpresa desagradável. Pode ter sido o resultado de dois factores: Em primeiro lugar, um claro abrandamento do comércial internacional e da produção industrial e alguns problemas internos que temporariamente afectaram alguns estados-membros," afirmou Pierre Moscovici em conferência de imprensa.

Problemas internos que, no caso de Itália, se agravaram. As políticas do executivo da coligação populista conduzem a um crescimento estimado quase nulo (0,1%) e a um défice recorde de 133,7%.

A afundar a economia da zona euro está também o abrandamento da economia alemã e a incerteza do Brexit. Portugal mantém a previsão de crescimento do PIB em 1,7%.