Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Árbitro de futebol morre após colapso em direto na TV

Vitor Hugo Hurtado colapsou em pleno relvado, em direto pela televisão
Vitor Hugo Hurtado colapsou em pleno relvado, em direto pela televisão
Tamanho do texto Aa Aa

A Bolívia viveu este domingo o drama de uma morte durante uma partida de futebol transmitida em direto pela televisão, desde o segundo estádio mais alto do mundo, o Villa Ingenio, em El Alto.

COMUNICADO La Federación Boliviana de Fútbol lamenta confirmar el fallecimiento del árbitro Víctor Hugo Hurtado Ogeda.

Publiée par Federación Boliviana de Futbol sur Dimanche 19 mai 2019

Aos 47 minutos de jogo, o árbitro Victor Hugo Hurtado, de apenas 32 anos, caiu de costas no relvado, inanimado, perante o espanto de jogadores, público e comentadores.

Hurtado foi prontamente assistido, pelas equipas de emergência presentes no estádio, os médicos de ambos os clubes e inclusive com recurso a garrafas de oxigénio devido ao risco de ter sido uma falência provocada pela altitude a que se disputava o jogo, cerca de 4090 metros acima do nível do mar.

Victor Hugo Hurtado ainda foi transportado para o hospital, mas não resistiu.

A Federação Boliviana de Futebol emitiu um comunicado pelas redes sociais lamentado a morte de Victor Hugo Hurtado, "por causas ainda por determinar". "A FBF decreta luto de sete dias no futebol nacional", anunciou o organismo.

Também o Presidente da Bolívia enviou as "condolências e solidariedade à família, amigos e colegas" do árbitro. "O futebol boliviano está de luto", escreveu Evo Morales nas redes sociais.

As imagens do momento dramático trouxeram à memória o trágico jogo do Benfica em Guimarães, da Liga Portuguesa, a 25 de janeiro de 2004.

Suplente utilizado nesse jogo também transmitido em direto pela TV, o húngaro Miklós Fehér caiu igualmente de costas no relvado, após esboçar um mítico sorriso por ter sido admoestado com um cartão amarelo e não mais se levantou.

Jogo prossegue e acaba em goleada

O jogo na Bolívia opunha os anfitriões Always Ready aos Oriente Petrolero. O jogo estava empatado a zero quando se deu o incidente com o árbitro.

A partida prosseguiu com o até ali quarto árbitro, Josué Benevides, a assumir o apito após consultar a restante equipa de arbitragem.

Não se sabe se o sucedido teve algum efeito junto da equipa visitante, mas o jogo viria a terminar com uma goleada dos Always Ready, por 5-0.

Alguns comentadores, como se pode escutar no vídeo partilhado em baixo, defendem que o jogo não deveria ter continuado.

Questionado pelos jornalistas locais se a altitude poderia ter estar relacionada com o colapso do árbitro, o presidente do Always Ready, disse ser "prematuro e imprudente" relacionar as coisas.

Fernando Costa referiu ainda que o árbitro se tinha mostrado em perfeitas condições e que poucos dias antes havia arbitrado inclusive o jogo entre os The Strongest e os Blooming no Estádio Hernando Siles, em La Paz, a 3600 metros de altitude, tendo permanecido na região para arbitrar este derradeiro jogo.

O médico Erick Koziner foi um dos primeiros a dar assistência a Victor Hugo Hurtado.

"A primeira paragem cardíaca aconteceu quando estávamos a trasladar o paciente. Conseguimos reanima-lo no campo e estabilizamos os sinais cardíacos. Quando chegou às emergências do hospital, sofreu uma segunda paragem cardíaca e não mais foi possível estabilizá-lo", revelou Erick Koziner.

O Estádio Villa Ingenio, também conhecido como Villa Ingenio, é o mais alto do mundo onde se realizam jogos de futebol de ligas profissionais, mas de acordo com a revista oficial da FIFA, citada por diversos meios de comunicação, é o segundo mais alto do mundo atrás do peruano Daniel Alcides Carrión, situado a 4380 metros acima do nível do mar.