Banco Mundial prioriza investimento no sector privado angolano

Access to the comments Comentários
De  Neusa Silva
Banco Mundial prioriza investimento no sector privado angolano
Direitos de autor  LUSA, AMPE ROGÉRIO   -   AMPE ROGÉRIO

O representante do Banco Mundial Olivier Lambert, apresentou esta segunda-feira na Huíla, província de Angola, a proposta de parceria com o estado angolano para o período 2020/2025.

De acordo com a proposta apresentada, o setor privado constitui uma das prioridades por contribuir com uma percentagem ínfima para o PIB Angolano.

Olivier Lambert considera que a atual estrutura económica não é sustentável por estar dependente do setor petrolífero, o que condiciona a criação de emprego, acelera os níveis de pobreza, a vulnerabilidade, desigualdades e disparidades regionais.

O Banco mundial prevê impulsionar a diversificação e o crescimento do setor privado observando três pilares, sendo o primeiro o da inspeção dos serviços básicos como a água, eletricidade, telecomunicações, transporte e conectividade.

O segundo passa por melhorar o ambiente de trabalho para o setor privado e o terceiro pelo apoio ao agronegócio, um segmento que considera ser muito importante para o crescimento de Angola.

Recentemente a instituição financeira anunciou que tem disponíveis cerca de mil milhões de dólares destinados à erradicação da pobreza extrema e para impulsionar a prosperidade partilhada em Angola.