Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Sondagem à boca das urnas dá vitória aos Trabalhistas na Holanda

Sondagem à boca das urnas dá vitória aos Trabalhistas na Holanda
Tamanho do texto Aa Aa

Resultados oficiais só no domingo, mas para já as sondagens à boca das urnas na Holanda dão motivos para sorrir a Frans Timmermans. Segundo as primeiras estimativas do Ipsos, o Partido Trabalhista foi o mais votado nas eleições europeias com 18% dos votos, o dobro do que tinha alcançado em 2014.

Surpreende a derrota do Partido Popular para a Liberdade e a Democracia do primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, até porque nas sondagens os trabalhistas nunca tinham passado do terceiro lugar nas intenções de voto.

A liderança tinha vindo a ser dividida entre o partido de Rutte e o Fórum pela Democracia. O partido populista recém-criado por Thierry Baudet alcançou 11% dos votos e ditou a queda livre do Partido da Liberdade, de Geert Wilders, que em 2014 tinha alcançado 13% dos votos e desta vez não foi além dos 4%.