Última hora
This content is not available in your region

Cacique Raoni recebe apoio em França

euronews_icons_loading
Cacique Raoni recebe apoio em França
Direitos de autor  REUTERS/Regis Duvignau
Tamanho do texto Aa Aa

O Cacique Raoni tinha 24 anos quando conheceu as primeiras pessoas fora da tribo dos caiapós, na Amazónia. Começou então, em 1954, o caminho que havia de o transformar num dos principais ícones dos povos indígenas.

Raoni está a terminar um périplo pela Europa, onde veio pedir apoio e uma acção urgente de proteção do ambiente e dos povos indígenas. Em conversa com os jornalistas em Lyon, Raoni manifestou vontade de ir a Brasília para se encontrar com o presidente Brasileiro. Diz que quer falar com Bolsonaro para que pare de fazer "besteiras" na Amazónia.

Em França, recebeu mais um apoio. Gerard Collomb, presidente da Câmara de Lyon e antigo ministro do Interior diz que lutar "para evitar a desflorestação da Amazónia é um esforço diário" e garante que a cidade que governa está empenhada nesta luta.

Esta segunda-feira, o líder indígena da Amazónia recebeu também um importante apoio do Papa Francisco, em Roma.