Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Jornalista de investigação russo detido por posse de droga

Jornalista de investigação russo detido por posse de droga
Direitos de autor
vmestemedia.ru/via REUTERS
Tamanho do texto Aa Aa

Um jornalista russo, conhecido por investigar casos de corrupção em Moscovo, foi detido por posse de droga. Depois de preso, foi acusado e terá sido enviado para o hospital. O advogado, o empregador e os colegas de Ivan Golunov dizem tratar-se de um golpe para o silenciar.

O jornalista, de 36 anos, foi detido no centro da capital russa na quinta-feira a caminho de uma reunião com uma fonte, quando foram encontradas drogas ilegais na sua mochila. A polícia diz também ter encontrado mais drogas juntamente com balanças no apartamento do jornalista.

"Quase todas as investigações feitas por Ivan Golunov prejudicaram os interesses de alguém e, na maior parte dos casos, os interesses de alguns altos funcionários, de empresas ilegais ou de representantes das forças de segurança. Ivan é um dos melhores jornalistas de investigação do país", disse o correspondente do portal de notícias Meduza, Illya Zhegule.

Se for considerado culpado por tráfico de droga, o jornalista do site de notícias Meduza pode enfrentar uma pena de 10 a 20 anos de prisão.