EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Putin demite generais do caso Golunov

Putin demite generais do caso Golunov
Direitos de autor 
De  Luis Guita
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Ministro do interior propôs a demissão ao Presidente russo, por os generais da polícia terem forjado provas contra o jornalista Ivan Golunov.

PUBLICIDADE

Vladimir Putin, demitiu dois generais da polícia por forjarem o caso em que o jornalista de investigação Ivan Golunov foi acusado de narcotráfico.

De acordo o Kremlin, o Presidente russo afastou os generais, Yuri Deviatkin e Andréi Puchkov, por proposta do ministro do Interior, Vladimir Kolokoltsev.

Golunov foi preso em 6 de junho, após a polícia supostamente encontrar drogas na sua mochila e em casa,

O jornalista foi libertado na terça-feira, sem acusação, depois de o ministro Kolokoltsev reconhecer a ausência de provas para provar a culpabilidade.

Mesmo com Golunov em liberdade, esta quarta-feira mais de mil pessoas protestaram em Moscovo contra a fabricação de casos criminais para silenciar vozes críticas. Mais de 500 manifestantes foram detidos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

UE apela à manutenção do Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermédio

Tribunal russo ordena prisão da viúva de Alexei Navalny

Primeiro-ministro da Índia critica invasão russa à Ucrânia durante encontro com Putin