A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Putin demite generais do caso Golunov

Putin demite generais do caso Golunov
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Vladimir Putin, demitiu dois generais da polícia por forjarem o caso em que o jornalista de investigação Ivan Golunov foi acusado de narcotráfico.

De acordo o Kremlin, o Presidente russo afastou os generais, Yuri Deviatkin e Andréi Puchkov, por proposta do ministro do Interior, Vladimir Kolokoltsev.

Golunov foi preso em 6 de junho, após a polícia supostamente encontrar drogas na sua mochila e em casa,

O jornalista foi libertado na terça-feira, sem acusação, depois de o ministro Kolokoltsev reconhecer a ausência de provas para provar a culpabilidade.

Mesmo com Golunov em liberdade, esta quarta-feira mais de mil pessoas protestaram em Moscovo contra a fabricação de casos criminais para silenciar vozes críticas. Mais de 500 manifestantes foram detidos.