Última hora

Bielorússia e China, parceiros de mais um parque industrial

Bielorússia e China, parceiros de mais um parque industrial
Tamanho do texto Aa Aa

Como encontrar novos incentivos para o desenvolvimento económico e atrair empresas estrangeiras? A Bielorrússia está a lutar por isso, num esforço para obter novos investimentos e acesso ao mercado europeu. Para atingir este objetivo, está a ser contruído um novo parque industrial, perto de Minsk: O Great Stone.

É um projeto conjunto com a China. A Bielorrússia, um pequeno país da Europa Oriental com indicadores económicos bastante modestos, é uma das áreas-chave da chamada Rota da Seda do século XXI. A China conta com a Bielorrússia para se tornar um importante centro de trânsito de entrega de mercadorias chinesas na Europa.

Mais de 60 empresas já foram inscritas, e não apenas da China. Também da Alemanha, Suíça e Áustria. O principal objetivo de atrair empresas europeias na Bielorrússia parece ser atingível, mesmo que seja apenas o início do caminho. E, obviamente, é um jogo em que todos ganham.

Até agora, mais de 450 milhões de dólares foram investidos no desenvolvimento deste parque. Nos próximos anos, esse valor aumentará em pelo menos 3 vezes.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.