Última hora
This content is not available in your region

Bielorrussos temem aproximação à Rússia

euronews_icons_loading
Bielorrussos temem aproximação à Rússia
Tamanho do texto Aa Aa

Mais de um milhar de manifestantes protestou em Minsk contra a aproximação da Bielorrússia à Rússia. A manifestação, deste sábado, aconteceu no momento em que o presidente Alexander Lukashenko se encontrava com o seu homólogo russo Vladimir Putin em Sóchi. Os manifestantes temem perder a independência:

"As pessoas saíram às ruas hoje para protestar contra a chamada integração que parece uma verdadeira ocupação e rendição dos interesses nacionais da Bielorrússia. As pessoas vieram protestar contra isso e eu também", adianta um dos manifestantes.

"Estou de coração partido porque o meu país está a desaparecer, não apenas o nome, mas o país inteiro. Não posso tolerar que o meu país seja oferecido a um vizinho", afirma outra manifestante.

Na cidade russa, banhada pelo mar negro, os dois presidentes discutiram acordos económicos. Lukashenko, que governa a Bielorrússia com mão de ferro há mais de 15 anos, depende da energia e empréstimos russos e a pressão de Moscovo não para de aumentar.