A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Vacas perfuradas: o vídeo que está a chocar

Vacas perfuradas: o vídeo que está a chocar
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A prática já é antiga, mas era pouco conhecida até à divulgação deste vídeo por parte da associação francesa de defesa animal L214: Estas vacas foram operadas para lhes colocar uma escotilha no flanco esquerdo que permite aceder diretamente ao estômago. O objetivo é estudar a digestão destes ruminantes. As imagens foram recolhidas este ano, num centro experimental do grupo agropecuário Avril, perto de Paris. Este será o maior centro privado da Europa de pesquisas sobre a nutrição animal.

"É um buraco de 15 a 20 centímetros 4num órgão vital. As consequências pós-operatórias são pesadas, porque os animais têm de tomar antibióticos durante várias semanas. De qualquer forma, são experiências sem qualquer utilidade, a não ser para os lucros destes grupos. Não percebemos por que razão continuam a praticar estas mutilações", explica a porta-voz da associação, Isis La Bruyère.

A L214 denuncia também as condições em que as vacas sem mantidas, num espaço sem janelas e sem palha no chão e apresentou queixa contra o grupo proprietário deste centro de pesquisas. Apesar do choque provocado pelas imagens, a fistulação é uma prática mais comum do que se pensa e usa-se na maior parte dos países onde se estuda a digestão dos bovinos.