Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Nova Iorque celebra orgulho LGBTQ

Nova Iorque celebra orgulho LGBTQ
Direitos de autor
REUTERS/Jeenah Moon
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Bandeiras coloridas, balões, penas e faixas encheram as ruas de Nova Iorque este domingo. Milhares de pessoas compareceram à chamada e marcharam pelo orgulho gay, 50 anos depois dos protestos de Stonewall.

O aniversário deu tema à parada e foi celebrado como um marco do movimento pelos direitos LGBTQ+.

Stonewall é o nome do bar, onde, a 28 de junho de 1969, os clientes desafiaram o assédio policial, provocando dias de tumultos. A resistência deu origem ao movimento nacional que depois se espalhou pelo mundo pela defesa de direitos iguais para lésbicas, gays, bissexuais, transgénero e outras pessoas queer.

Para Stacy Lentz, ativista e cofundadora da iniciativa "The Stonewall Inn Gives Back", acredita que o que aquele bar representa hoje para a comunidade *é o ideal de lutar contra a opressão LGBTQ+. Representa realmente a ideia de liberdade para pessoas em todo o mundo. O Stonewall não é apenas um bar. É um verdadeiro símbolo, logo pelo nome. E é quase como uma marca também. O nome é associado à nossa liberdade. E é o berço dos direitos dos homossexuais ".

Depois de Stonewall, junho ficou conhecido como o Mês do Orgulho LGBTQ+. e, cinco décadas depois, o bar onde tudo começou é um monumento nacional nos Estados Unidos.