Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Trump deu passo histórico e cruzou fronteira na Coreia

Trump deu passo histórico e cruzou fronteira na Coreia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

É um passo que nenhum presidente norte-americano tinha dado antes: Ao passar a linha de demarcação, Donald Trump entrou em território norte-coreano. Este encontro com Kim Jong-un foi decidido à última hora, nas palavras do próprio presidente dos Estados Unidos, "para dizer olá".

Foi um passo bem acolhido pelo líder da Coreia do Norte: "O gesto do presidente Trump, ao cruzar a linha de demarcação militar, é uma expressão da boa vontade em eliminar o passado infeliz e abrir um futuro novo", disse Kim Jong-un.

Trump respondeu: "É uma honra estar consigo e foi uma honra ter-me convidado a cruzar a linha. Foi com muito orgulho que o fiz. Não tinha a certeza que me fosse fazer esse convite, mas estava pronto para aceitar. Quero agradecer-lhe. Foi enorme. Foi histórico".

O presidente da Coreia do Sul Moon Jae-in, com quem Trump esteve em Seul antes deste encontro, acompanhou-o na visita ao vizinho do norte. Depois desta reunião, os Estados Unidos e a Coreia do Norte vão continuar as conversações sobre o processo de desnuclearização, parado desde o fracasso da cimeira de Hanói em fevereiro.