Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Bolsonaro ignora desflorestação da Amazónia

Bolsonaro ignora desflorestação da Amazónia
Direitos de autor
Reuters / Henry Romero
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Num dia a notícia da desflorestação da Amazónia, no outro, a resposta do governo brasileiro.

Jair Bolsonaro, recém-chegado da cimeira do G20, parece não acreditar na perda vertiginosa de floresta no país e diz ter convidado Emmanuel Macron e Angela Merkel a confirmar que, no que depender do Brasil, a crise climática está longe de acontecer.

"Se encontrassem num espaço entre Boa vista e Manaus um quilómetro quadrado de desmatamento, eu concordaria com eles. Agora, eu mesmo, como já sobrevoei a Europa por duas vezes, eu também lhes disse que não encontrei um quilómetro quadrado de floresta naquela região. Então, eles não têm autoridade para vir discutir essas questão connosco", desafiou o presidente brasileiro.

Resta saber o que veriam os líderes europeus se Bolsonaro os tivesse convidado a voar sobre o Parque Nacional do Jamaxim, no estado do Pará. Uma região protegida, que, de acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, é das áreas que mais sofre com o abate ilegal de árvores.