A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Bolsonaro ignora desflorestação da Amazónia

Bolsonaro ignora desflorestação da Amazónia
Direitos de autor
Reuters / Henry Romero
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Num dia a notícia da desflorestação da Amazónia, no outro, a resposta do governo brasileiro.

Jair Bolsonaro, recém-chegado da cimeira do G20, parece não acreditar na perda vertiginosa de floresta no país e diz ter convidado Emmanuel Macron e Angela Merkel a confirmar que, no que depender do Brasil, a crise climática está longe de acontecer.

"Se encontrassem num espaço entre Boa vista e Manaus um quilómetro quadrado de desmatamento, eu concordaria com eles. Agora, eu mesmo, como já sobrevoei a Europa por duas vezes, eu também lhes disse que não encontrei um quilómetro quadrado de floresta naquela região. Então, eles não têm autoridade para vir discutir essas questão connosco", desafiou o presidente brasileiro.

Resta saber o que veriam os líderes europeus se Bolsonaro os tivesse convidado a voar sobre o Parque Nacional do Jamaxim, no estado do Pará. Uma região protegida, que, de acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, é das áreas que mais sofre com o abate ilegal de árvores.