A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Sepultados marinheiros russos vítimas de incêndio num submarino

Sepultados marinheiros russos vítimas de incêndio num submarino
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Decorreu este sábado o funeral dos 14 marinheiros russos que morreram durante um incêndio a bordo de um submarino, no mar de Barents.

Sob um forte dispositivo de segurança, dezenas de pessoas foram ao cemitério Serafimov, em São Petersburgo, prestar uma última homenagem aos militares.

De acordo com o ministério russo da Defesa, os marinheiros morreram ao inalarem os fumos tóxicos provocados por um incêndio no compartimento das baterias. Fogo que não terá atingido o reator nuclear a bordo.

Os corpos foram sepultados perto de um monumento às vítimas do Kursk, submarino nuclear que, em agosto de 2000, naufragou no mar de Barents após uma explosão a bordo e provocou a morte a 118 marinheiros.