A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Lagarde pede demissão ao FMI

Lagarde pede demissão ao FMI
Direitos de autor
Reuters
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Christine Lagarde já pediu a demissão ao Fundo Monetário Internacional (FMI). A atual diretora-geral da instituição anunciou, esta terça-feira, que vai cessar funções a 12 de setembro. Lagarde já tinha pedido "a suspensão de responsabilidades", depois de ter sido nomeada para suceder a Mario Draghi na presidência do Banco Central Europeu. Mas a sua nomeação ainda tem de ser confirmada.

Com a formalização da demissão de Lagarde, o FMI pode agora tomar as medidas necessárias para encontrar um sucessor. Por agora, David Lipton vai continuar como diretor-geral interino, posto que tem vindo a ocupar desde que a jurista francesa suspendeu funções, após a nomeação para suceder ao italiano Mario Draghi.