A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Tradições e superstições do mundo espacial

Tradições e superstições do mundo espacial
Direitos de autor
GCTC-A.Shelepin
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Em exclusivo para a euronews, Luca Parmitano apresentou algumas das tradições e superstições do mundo espacial.

Nesta edição, o astronauta italiano da Agência Espacial Europeia, Luca Parmitano, faz-se acompanhar pelo astronauta da NASA, Drew Morgan.

"Estamos a aproximar-nos do nosso lançamento e vamos respeitar algumas tradições. A nossa primeira paragem é o hotel dos cosmonautas aqui no complexo, onde assinaremos as portas do hotel onde ficamos hospedados. Outra tradição, na qual estamos imersos. Atrás de nós, há árvores que foram plantadas por todos os cosmonautas e astronautas que voaram na Soyuz", contou Luca Parmitano.

"Como voava pela primeira vez, pude plantar a minha própria árvore. Publiquei no Twitter uma foto da minha árvore comparada com a de Gagarin, que é a maior, claro", recordou Drew Morgan, astronauta da NASA.

Superstição do tempo de Gargarin

Luca Parmitano apresentou uma superstição que data da era do astronauta russo Yuri Gargarin.

"Há uma tradição um pouco estranha, de que todos nós gostamos de falar. Existe desde o primeiro voo espacial. Quando vamos de autocarro em direção ao foguetão, a cerca de meia milha do foguetão, paramos e saímos todos. Vamos para o pneu traseiro direito do autocarro que nos leva para a plataforma de lançamento. E fazemos uma paragem rápida", contou Luca Parmitano.

"Essa paragem é do tempo de Yuri Gagarin. Ele próprio fê-la. Há uma linha ténue entre tradição e superstição, e porque ele teve um voo bem-sucedido, a partir desse momento essa paragem tornou-se numa tradição", acrescentou o astronauta da NASA.

*Em colaboração com a Agência Espacial Europeia