Última hora
This content is not available in your region

Tempestade "Dorian" deixa Porto Rico em estado de emergência

euronews_icons_loading
Tempestade "Dorian" deixa Porto Rico em estado de emergência
Tamanho do texto Aa Aa

Porto Rico está em estado de emergência com a chegada iminente da tempestade tropical "Dorian", prevista para a noite de quarta-feira. Nas últimas horas, os porto-riquenhos tentaram proteger as casas de mais um fenómeno meteorológico extremo.

Na memória de todos está ainda o furacão Maria, que em 2017 devastou a ilha e fez mais de três mil mortos.

"Por causa da experiência que tivemos com o furacão Maria, estamos a tomar medidas para que não aconteça o mesmo outra vez. Na altura fomos apanhados de surpresa e os danos foram mais sérios e extremos", conta a residente de Boqueron Jenny Mar Caciano.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, já aprovou a declaração de estado de emergência na região. Contudo, Trump não deixou de expressar na rede social Twitter a frustração por ver este território americano afetado por mais uma grande tempestade.

Questionando se tal "alguma vez terá um fim", o presidente americano lembrou ainda a aprovação de 92 mil milhões de dólares para Porto Rico no ano passado.

Segundo as previsões de diversos institutos meteorológicos, "Dorian" está a ganhar força e pode mesmo evoluir para a categoria de furacão.

Na segunda-feira apresentava já ventos na ordem dos 100 quilómetros por hora.

Entretanto, os porto-riquenhos apressaram-se a garantir combustível e água para os próximos dias, preparando-se para o pior cenário.

A Martinica já sentiu efeitos da passagem de Dorian, com danos materiais, mas sem vítimas mortais registadas até ao momento.