Última hora

Domingo de protestos no aeroporto de Hong Kong

Domingo de protestos no aeroporto de Hong Kong
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os comboios para o aeroporto foram suspensos e nas estradas o trânsito era lento. Um caos para um dos maiores e mais movimentados aeroportos do mundo.

Para além do aeroporto, centenas de pessoas reuniram-se junto do consulado do Reino Unido pedindo apoio para Hong Kong e, nomeadamente, nacionalidade britânica para todos os que nasceram no território antes de 1997.

Londres tem recusado essa solução, concedendo apenas passaporte britânico para residentes no ultramar, que não permite que as pessoas se estabeleçam no Reino Unido.

À semelhança do que aconteceu no sábado, a polícia carregou sobre os manifestantes no aeroporto.

Durante a noite de sábado para domingo, arderam várias barricadas na cidade, nomeadamente junto ao quartel-general da polícia. Hong Kong conheceu os episódios mais violentos desde que começaram os protestos há 5 meses.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.