EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Irão vai entregar plano à ONU para segurança no Golfo Pérsico

Irão vai entregar plano à ONU para segurança no Golfo Pérsico
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Teerão denuncia a presença de "forças estrangeiras" na região

PUBLICIDADE

Não se conhecem detalhes, mas o Irão deverá apresentar nos próximos dias às Nações Unidas um plano de cooperação regional, endógeno, para garantir a segurança na região do Golfo Pérsico.

O presidente iraniano fez o anúncio na manhã deste domingo, durante a abertura de um desfile militar em Teerão.

Hassan Rohani denunciou a presença de "forças estrangeiras" no Golfo, onde se tem assistido a uma escalada de tensão entre potências regionais.

A Arábia Saudita e os EUA acusam o Irão de atacar refinarias de petróleo da Arábia Saudita, a 14 de setembro, mas Teerão nega o envolvimento e devolveu as acusações.

Os raides aéreos foram reivindicados por rebeldes houthis, que chegaram a ameaçar novas ações contra posições na Arábia Saudita, interveniente na guerra do Iémen desde 2015.

O presidente iraniano disse que os rebeldes "estão apenas a defender-se" dos ataques sauditas, mas os EUA alegaram uma "escalada da agressão iraniana" para justificar o envio de novas forças americanas para o Golfo Pérsico.

Os ataques contra as duas refinarias da gigante petrolífera saudita Aramco, líder mundial, reduziram a produção de petróleo em cerca de 5,6 milhões de barris por dia. O episódio fez com que o preço do petróleo disparasse.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Petrolífera Saudi Aramco regista lucro recorde no segundo trimestre do ano

Donald Trump desmente presidente iraniano sobre negociações

Israel critica apoio europeu ao Irão