A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Estados Unidos impõem novas sanções contra a Rússia

Estados Unidos impõem novas sanções contra a Rússia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos impõem novas sanções contra indivíduos e entidades russas pelo fornecimento de combustível às tropas russas, na Síria.

Em comunicado o Departamento do Tesouro diz que: "O regime absolutista de Assad está debaixo dos holofotes internacionais pelo uso de armas químicas e por cometer atrocidades contra civis sírios inocentes - e conta com est e tipo de redes ilícitas para continuar no poder".

Cinco navios, uma empresa e três pessoas entraram na lista negra por participação neste esquema de fornecimento de combustível às Forças Armadas da Rússia na Síria, violando as sanções já existentes e dando, assim, apoio ao governo de Bashar al Assad.

A Rússia considera estas medidas "absolutamente inaceitáveis". Entretanto, o país anunciou planos de expansão da base aérea de Hmeimim que consistem na construção de uma segunda pista, para aumentar o tráfego de aviões.

O Ministério da Defesa também construiu hangares para abrigar as aeronaves nesta base que possui, atualmente, trinta aviões e helicópteros de combate.