A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

"Lorenzo" já chegou aos Açores

"Lorenzo" já chegou aos Açores
Direitos de autor
REUTERS/Rafael Marchante
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 40 pessoas ficaram desalojadas nos Açores e cerca de 100 tiveram de ser retiradas de casa por precaução. A passagem do furacão Lorenzo pelo arquipélago português não foi tão devastadora como chegou a ser previsto, mas de qualquer forma ainda provocou estragos.

De acordo com as autoridades açorianas, apesar do período crítico ainda não ter terminado, o furacão perdeu intensidade e desloca-se agora em direção à Irlanda.

As ondas gigantes geradas pela passagem do furacão destruíram o porto comercial das Lajes, das Flores. De acordo com a RTP Açores, as vagas destruíram o molhe e arrastaram contentores e embarcações.

O arquipélago está em alerta máximo e cerca de 1000 operacionais - incluíndo bombeiros, profissionais de saúde e forças de segurança - foram mobilizados para dar resposta à evolução da situação no terreno.

Várias estradas foram encerradas nas ilhas das Flores, São Miguel e nas cinco ilhas do grupo Central como medida preventiva. Escolas e estabelecimentos públicos não ligados aos serviços de emergência também se vão manter hoje de portas fechadas e os açorianos foram aconselhados a manter-se em casa e evitar as deslocações.

De categoria 2 antes de atingir o arquipélago, o furacão desceu para categoria 1 ao chegar aos Açores.