A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Legislativas na Tunísia

Legislativas na Tunísia
Direitos de autor
Reuters
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de sete milhões de tunisinos foram este domingo às urnas para eleger os membros do Parlamento.

As eleições, que acontecem uma semana antes da segunda volta das presidenciais, passaram para segundo plano e não mobilizaram a população

As terceiras legislativas desde a “Revolução de Jasmim” de 2011 devem seguir a tendência da vontade de renovação política manifestadas primeira volta das presidenciais.

Mais de 15 mil candidatos concorrem a 217 assentos num parlamento dominado pelo partido islâmico Ennahdha em aliança com os centristas do Nidaa Tounes.

Os estudos de opinião indicam que o Ennahdha está lado a lado com o Qalb Tounes, criado há menos de seis meses por Nabil Karoui, o magnata que está preso e passou à segunda volta das presidenciais.