EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Ofensiva turca no noroeste da Síria é iminente

Ofensiva turca no noroeste da Síria é iminente
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Tropas norte-americanas estão a retirar, abrindo caminho para vasta incursão turca. Curdos prometem defender-se de "invasão"

PUBLICIDADE

Os Estados Unidos estão a retirar do noroeste da Síria, abrindo a porta a uma ofensiva por parte da Turquia, que poderá acontecer "a qualquer momento".

O Observatório Sírio dos Direitos Humanos e os combatentes curdos das Forças Democráticas da Síria, principais aliados de Washington na luta contra o Estado Islâmico, afirmaram que as tropas norte-americanas começaram a retirar da região.

Uma informação confirmada pelo presidente turco, que frisou que o seu país "terminou os preparativos, completou os planos da operação e emitiu as ordens necessárias". Recep Tayyip Erdogan precisou que a ofensiva é iminente e que a "operação será conduzida por terra e por ar", acrescentando que acredita que "os irmãos no lado sírio irão apoiar [a Turquia] com todo o seu poder".

Depois de um telefonema entre Erdogan e Donald Trump, a Casa Branca afirmou que a Turquia iria avançar em breve com os planos para criar uma "zona segura" no noroeste da Síria e que os Estados Unidos não iriam intervir.

Mas os combatentes curdos que controlam a região acusam Washington de "não cumprir os compromissos assumidos" e prometeram defender-se contra uma "invasão turca". As forças curdas afirmam ainda que a operação militar turca "terá um impacto bastante negativo na luta contra o Daesh, destruindo tudo o que foi conseguido em termos de estabilidade nos últimos anos".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Bombardeamentos turcos contra milícias curdos faz pelo menos 20 mortos

Ataque aéreo provoca várias vítimas mortais num mercado no noroeste da Síria

Jornalista norte-americano Evan Gershkovich será julgado na Rússia por espionagem