Última hora
This content is not available in your region

John Bercow abandona parlamento britânico

euronews_icons_loading
John Bercow abandona parlamento britânico
Tamanho do texto Aa Aa

O grito mais carismático da política britânica vai deixar de ecoar no parlamento. John Bercow está de partida da presidência da Câmara dos Comuns, após 10 anos na cadeira onde moderou alguns dos debates mais decisivos para o Reino Unido.

Com uma rara capacidade de conquistar o estrelato em debates parlamentares, Bercow está longe de ser uma figura consensual. Chegou a deputado pelo Partido Conservador, em 1997, para poucos anos depois assumir posições mais à esquerda. A suposta traição não foi perdoada por muitos. Seriam os trabalhistas a garantir a eleição para presidente da Câmara dos Comuns em 2009 e a travar uma tentativa de destituição seis anos mais tarde.

Nos tributos de despedida, fica para a história como um modernizador. Abriu o parlamento ao público, deu voz aos deputados dos bancos de trás, instituiu o uso de perguntas urgentes e debates de emergência, aboliu o uso de perucas entre os secretários do parlamento.

Esquerda e direita reconhecem agora o percurso do homem que muitas vezes foi a voz do e pelo parlamento do Reino Unido