Última hora

Milhares contra a islamofobia em França

Milhares contra a islamofobia em França
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas, nas ruas de várias cidades francesas, em protesto contra a islamofobia. Só em Paris seriam mais de dez mil. Manifestações porque, dizem, há um ódio crescente contra os cidadãos franceses de fé muçulmana. A utilização do véu tem causado polémica, de facto, nas últimas semanas.

"Sentimo-nos estigmatizados pelos média, falam de nós o dia todo, 24 horas por dia. (...) Queremos que nos deixem tranquilos, queremos viver em paz como toda a gente, como todos os cidadãos franceses", afirma uma mulher.

"Não é normal que não deixem trabalhar uma mulher porque usa o véu, nem as deixam fazer desporto, ou ir à escola. Impedimo-las de fazerem parte da esfera pública, isso é inaceitável", desabafa uma jovem.

Um protesto que acabou envolto em controvérsia. Políticos de esquerda, e apesar das divisões causadas por quem está na origem da manifestação, acabaram por estar na linha da frente.

A um de novembro o jornal "Libération" publicava um artigo contra a islamofobia. O problema é que os organizadores desta marcha e, em particular, o Comité Contra a Islamofobia na França (CCIF), são acusados de promover o comunitarismo e o islamismo político.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.