EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Agricultores franceses descontentes manifestam-se em Paris

Agricultores franceses descontentes manifestam-se em Paris
Direitos de autor 
De  Joao Duarte Ferreira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os agricultores reclamam melhores condições de trabalho e denunciam ataques por partes de organizações ambientalistas

PUBLICIDADE

Agricultores franceses deslocaram-se esta quarta-feira à capital francesa para protestarem e exigirem um encontro com o presidente Emmanuel Macron.

Os agricultores bloquearam vias de acesso e despejaram fardos de palha na Avenida dos Campos Elísios, no centro da capital.

Os agricultores insurgem-se contra políticas que, dizem, estão a afetar a agricultura como é caso da descontinuação do herbicida glifosato.

"Estamos fartos! A nossa agricultura está a morrer, e isso passa-se em todos os setores. Ainda no fim-de-semana passado, mais uma vez, um colega cometeu suicídio. isto não pode continuar. Todos os dias mais de dois agricultores suicidam-se em França", afirma Cyrille Milard, presidente do sindicato FDSEA para a região de Seine et Marne.

"Há anos que somos maltratados, somos insultados, por certas associações que nos acusam de não estarmos a trabalhar com devia ser, que estamos a envenenar as pessoas. Para os agricultores, isso é inaceitável. Condenamos a forma como a nossa profissão está a ser depreciada", acusa Jean-Yves Bricout, presidente do sindicato FNSA para a região de Aisne.

Entre as reclamações está a descontinuação da utilização do herbicida glifosato, assim como a crescente pressão que a classe enfrenta por parte de organizações de defesa do meio-ambiente.

Os agricultores afirmam que vão continuar a protestar até serem recebidos pelo presidente Macron.

Uma lei anterior aprovada pelo governo de Macron e cujo objetivo seria assegurar uma fatia de lucros mais justa para os agricultores não chegou para afastar os receios da classe.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Agricultores holandeses em protesto

"Os jovens agricultores estão mais familiarizados com a tecnologia"

Agricultores belgas criticam acordo com Mercosul