This content is not available in your region

Agricultores holandeses em protesto

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira
euronews_icons_loading
Agricultores holandeses em protesto

Centenas de camiões em protesto, em Utreque, na Holanda, contra a decisão governamental de impor aos agricultores a redução das emissões de nitrogénio. Isto depois de um tribunal holandês ter concluído que o país está a violar os limites definidos nas leis comunitárias.

"O governo não está a ouvir-nos. É essa a questão. O governo não nos compreende", desabafa um agricultor.

Os agricultores queixam-se de que as medidas do governo, para cumprir as metas sobre as alterações climáticas, são injustas já que não estão a ser aplicadas a outras indústrias, como a aeronáutica, numa altura em que o aeroporto de Schipol está em plena expansão.

"Esta coluna de tratores dirige-se para Haia, sede do governo holandês. Os agricultores querem que o governo mude a sua política e alivie a fardo que eles carregam", explica Jack Parrock, correspondente da euronews.

A viagem, de 70 quilómetros, leva mais de 3 horas a ser concluída pelos tratores. E enquanto a circulação se complica muitos são os que vêm perto da estrada para apoiar os agricultores:

"Eles têm um objetivo e ele tem um significado. Eles trabalham, arduamente, para que tenhamos comida e acho que é bom unirmo-nos e protestar, demonstrar força", adianta uma residente de Utreque.

Enquanto os agricultores prometem não baixar os braços, um porta-voz do governo disse à Euronews que os agricultores têm o direito de protestar, que entendem as suas preocupações e frustrações, que desejam iniciar um diálogo o mais rápido possível e que se oferecem, frequentemente, para o fazer.

As exportações agrícolas da Holanda representam mais de 92 mil milhões de euros, na economia do país.