Última hora

Leste em destaque no Prémio Mulheres da Europa

Leste em destaque no Prémio Mulheres da Europa
Tamanho do texto Aa Aa

Laura Kövesi foi uma das galardoadas com o Prémio Mulheres da Europa 2019, quarta-feira, em Bruxelas. A jurista ficou famosa na luta contra a corrupção na Roménia, de onde é natural, e recentemente foi eleita para primeira procuradora-geral europeia.

"Não penso que o mais importante seja o facto de ser mulher. É mais importante o facto de ter uma grande experiência porque sou magistrada há 24 anos. Mas em audiências que envolvem crianças ou mulheres vítimas de, por exemplo, tráfico de seres humanos, um magistrado do sexo feminino pode ter mais facilidade em obter informação do que um do sexo masculino", disse em entrevista à euronews.

Os esforços no combate à violência doméstica também foram premiados, reconhecendo o trabalho de uma ativista da Bulgária e outra da República Checa.

"É importante que sejam feitas alterações à legislação da Bulgária para ter melhor prevenção e combate da violência contra as mulheres", disse Milena Kadieva, ativista nesta área na Bulgária.

"A sociedade checa ainda não vê a violência doméstica como um grande problema, mas uma em cada dez mulheres são vítimas de violação, o que é um grave problema", disse Johanna Nejedlová, ativista na República Checa.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.