Última hora
This content is not available in your region

Exposições: ABBA, Calatrava, Freud

Exposições: ABBA, Calatrava, Freud
Direitos de autor
Invision - Vianney Le Caer
Tamanho do texto Aa Aa

Com o ano de 2019 a chegar ao fim, 2020 começa com várias exposições em toda a Europa.

A capital do Reino Unido foi invadida pela música do grupo sueco ABBA. Esta nova e imersiva experiência mostra as músicas, as letras, o processo criativo e a influência de uma das bandas mais emblemáticas do mundo. A exposição pode ser vista na O2 Arena de Londres até o final de agosto.

Da Grã-Bretanha até à província espanhola da Andaluzia. "Zirid Granada e o Universo Berbere" é uma exposição que pretende dar a conhecer a cultura berbere e a profunda influência que tem exercido na Península Ibérica. A inauguração contou com a presença da rainha Letizia de Espanha.

"Zirid Granada e o Universo Berbere" no Palácio Alhambra de Carlos V, em Granada, até ao dia 21 de abril.

Rumando a Itália, a cidade de Nápoles enaltece a obra do arquiteto espanhol Santiago Calatrava que, entre outras obras, assinou a Gare do Oriente, em Lisboa, ou a Gare de Lyon Saint-Exupéry.

O Museu de Capodimonte de Nápoles exibe as obras do arquiteto onde se incluem algumas esculturas feitas com diferentes materiais.

Para ver até ao dia 10 de maio.

De volta a Londres, a Real Academia de Artes acolhe uma exposição com 50 autorretratos do pintor britânico de origem germânica, Lucian Freud.

A mostra percorre cerca de 70 décadas do trabalho do artista. O primeiro quadro retrata Lucian Freud com apenas 16 anos. O último retrata o artista com cerca de 82.

"Lucian Freud: os autorretratos" para ver na Real Academia de Artes de Londres, até 26 de janeiro.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.