Última hora
This content is not available in your region

Alemanha precisa de trabalhadores qualificados

euronews_icons_loading
Alemanha precisa de trabalhadores qualificados
Tamanho do texto Aa Aa

A Alemanha está à procura de trabalhadores qualificados fora da União Europeia.

Aprovada este ano, a Lei de Imigração de Mão-de-Obra Especializada entra em vigor a 1 de março do próximo ano. Procura facilitar a entrada na Alemanha de profissionais de países não pertencentes ao bloco europeu.

Na segunda-feira, numa reunião em Berlim, a chanceler alemã disse que a prioridade seria reforçar a formação dos alemães, mas que isso não chega. "Temos falta de trabalhadores qualificados e, portanto, temos interesse em contratá-los. Para isso precisamos de processos que sejam razoáveis e que tornem claro que a Alemanha está interessada em pessoas que façam determinados trabalhos que mais ninguém faz", realçou Angela Merkel.

"É muito importante que seja bastante claro para nós que se as pessoas vão mudar-se para cá, algumas de países distantes, se sintam em casa aqui, depois de um certo período de tempo, que se sintam integradas no sistema social não só da empresa, mas também da comunidade da área em que vivem", frisou Ingo Kramer, presidente da Confederação Patronal da Alemanha.

Entre os países onde a Alemanha pensa contratar estão o Brasil, a Índia e o Vietname. E as áreas profissionais vão da enfermagem à informática.

A extrema-direita defende que o foco deveria ser evitar que profissionais qualificados saiam da Alemanha.