Última hora
This content is not available in your region

Guerra das Estrelas: um fim ou um novo início?

euronews_icons_loading
Guerra das Estrelas: um fim ou um novo início?
Direitos de autor  (c) 2019 and TM Lucasfilm Ltd. All Rights Reserved.   -   Lucasfilm
Tamanho do texto Aa Aa

A chegada do capítulo final da saga original da Guerra das Estrelas ao grande ecrã marcará o fim de uma era?

Na segunda-feira, o mítico Grauman's Chinese Theatre, na Hollywood Boulevard, em Los Angeles, foi o palco escolhido para a estreia mundial do "Episódio IX - A Ascensão de Skywalker", com atores e personagens a marcar presença no tapete vermelho.

John Boyega, que desempenha o papel de Finn, afirma: "É um filme do bem contra o mal, da luz contra o lado negro. Com vilões como Palpatine e Kylo Ren e heróis como Rey, Finn e Poe, temos uma ópera espacial."

Nas redes sociais e na imprensa especializada, são boas as reações iniciais ao derradeiro episódio, realizado e escrito por JJ Abrams, em colaboração com o multigalardoado Chris Terrio.

Chris Terrio: "A saga Skywalker chegou ao fim. Mas a 'Guerra das Estrelas' é uma grande galáxia e quem sabe onde irá no futuro? Mas este é sem dúvida o fim da saga Skywalker."

A tripla trilogia pode ter chegado ao fim, mas a Disney, que adquiriu os direitos da "Guerra das Estrelas", pretende continuar a explorar o filão.

Bob Iger, presidente da Walt Disney Company: "As pessoas perguntam se estou triste com esta noite de encerramento... Na realidade não! Há um gosto amargo, porque estamos a dizer adeus a muitas coisas do universo da Guerra das Estrelas. Mas, por outro lado, como mostra [a série] The Mandalorian, é apenas o início do que pode ser um sem fim de histórias vindas de uma galáxia distante."

Só nos Estados Unidos, os analistas prevêm resultados de bilheteiras superiores a 200 milhões de dólares até ao fim-de-semana, o que resultaria numa das estreias de maior sucesso na história do cinema.